O que cai no vestibular de psicologia?

Não é segredo para ninguém que a lista de preferência dos vestibulandos tem como destaque áreas como psicologia. Um bom exemplo disso é que na Fuvest de 2018, por exemplo, o curso de psicologia esteve como o segundo da listagem de mais visados pelos candidatos.

Esse cursos na Fuvest teve uma concorrência de 59,80 por vaga ficando atrás somente de Medicina em Ribeirão Preto (71,93 por vaga) e superando Medicina São Paulo (58,75 por vaga).

cursos na Fuvest

Cursos na Fuvest. Imagem:divulgação

O curso de psicologia também foi muito procurado na Unesp: o número de inscritos ultrapassou de 3 mil para 4 mil entre 2012 e 2016.

De acordo com a Num.br, empresa que é especialista no levantamento big data (dados que circulam pela internet), o curso de Psicologia ficou em terceiro como curso superior mais visado na internet no primeiro semestre de 2016, ficando atrás somente de Medicina e Direito.

Acesse e saiba mais informações: 9 dicas para quem vai cursar faculdade de psicologia

O que cai no vestibular de psicologia?

O vestibular de psicologia cai o mesmo que vai cair nos demais. Por isso, recomendamos que você pesquise o estilo da prova da instituição de ensino que você deseja fazer o curso de graduação para ter certeza do que vai ter nesse vestibular para poder ter um norte para estudar.

curso de psicologia

Vestibular de psicologia. Imagem:divulgação

No entanto, na maioria das instituições cai matérias de todas as áreas de conhecimento.

Assista:5 Possíveis Temas de Redação do Enem com chances reais de cair na prova

Vestibular de psicologia simulado

Uma pesquisa rápida na internet vai te levar a conhecer alguns sites que fazem simulados de vestibulares. Esses sites são excelentes como material de apoio para o seu estudo, pois testa o seu conhecimento.

Acesse e saiba mais informações: Não passou no vestibular? Veja essas dicas para não ficar pra trás

Vestibular Psicologia

Fique atento para os vestibulares que estão previstos para acontecer em 2018 para o curso de psicologia. Confira quais cursos e em quais locais você conseguirá ter acesso a esse tipo de vestibulares. A seguir tem algumas dicas de faculdades que ofertam esses cursos.

vestibular de psicologia

Vestibular de psicologia. Imagem:divulgação

Faculdades de psicologia pelo Brasil

Confira a seguir uma listagem com alguns locais que possuem o curso de graduação de psicologia:

Região Centro-Oeste
Distrito Federal: UCB, UnB, UNIP, IESB, Uniceub
Goiás: PUC-Goiás, UFG, Fesurv, UNIP, Universo, Anhenguera de Anápolis
Mato Grosso: UFMT; Univag; UNIC
Mato Grosso do Sul: UFMS; UFGD; UCDB; AEMS; Unigran

Região Nordeste
Alagoas: UFAL; Cesmac
Bahia: UEFS, UFBA; UFRB; UNEB; FSBA; FTC (Salvador, Vitória da Conquista, Jequié, Itabuna e Feira de Santana)
Ceará: UFC, UECE
Maranhão: UFMA.
Paraíba: UEPB, UFCG, UFPB.
Pernambuco: Univasf, UFPE.
Piauí: Uespi, UFPI.
Rio Grande do Norte: UFRN; FARN; FACEX.
Sergipe: UFS, UNIT.

Região Norte
Acre: FAB; FAAO.
Amazonas: UFAM; UniNorte; UNIP; Ulbra.
Amapá: SEAMA.
Pará: UFPA; UNAMA; IESPES.
Rondônia: UNIR; FIMCA; UNESC.
Roraima: UFRR; FACES.
Tocantins: CEULP


Região Sudeste
Espírito Santo: Ufes, UVV.
Minas Gerais: Uemg, UFTM, UFU, UFSJ, UFMG, UFJF.
Rio de Janeiro: UFRJ, UFRRJ, Estácio, Universo, UFF, PUC-Rio, Uerj, Uniabeu
São Paulo: Unip, Unesp, PUC-Campinas, USP, Unifesp, Anhembi Morumbi, Mackenzie, PUC-SP, Uninove, UFSCar.

Região Sul
Paraná: PUCPR, UEM, UFPR, Unicentro, UEL, UP, UTP.
Rio Grande do Sul: UFRGS; FURG; UFCSPA; UFPel; UFSM; Unisc; Feevale. Ulbra; PUCRS; URI; Unijui
Santa Catarina: Furb, UFSC, Unesc.

Entenda o que cai no vestibular de psicologia:

Quais matérias se estuda em psicologia?

  1. Comportamentalismo

O apoio do trabalho de um psicólogo é perceber os fatores que comprometem o nossa conduta. E é justamente disto que se trata o curso de psicologia. As matérias sobre comportamentalismo, o estudante aprende a relacionar nosso comportamento com a genética, fatores internos (como hormônios, neurotransmissores) e externos (estímulos sociais).

No caso dessa parte dos estudos da psicologia o estudante tem acesso a organização neural das emoções (medo, ansiedade, tristeza, entusiasmo, etc.) e como desenvolvemos algumas funções mentais (aprendizado, memória, linguagem, consciência, etc.).

vestibular de psicologia

Vestibular de psicologia. Imagem:divulgação

Ainda falando sobre a área do comportamentalismo que é vista no setor de psicologia, esse campo faz o estudo de distúrbios da atividade mental, como o autismo, psicoses e esquizofrenia.

  1. Psicopatologia

A Psicopatologia é a disciplina para as causas e a natureza de doenças mentais. Essa matéria aborda os padrões e critérios considerados como normais e os desvios de comportamento. Nesse caso o estudante aborda os possíveis quadros clínicos, sintomas e aprende a elaborar diagnósticos.

  1. Infância, Adolescência, Idade Adulta e Envelhecimento

No curso de psicologia existem matérias voltadas para que o profissional entenda como funciona o comportamento das pessoas em suas muitas etapas da vida.

Alguns dos temas abordados nestas matérias são:

Testes Psicológicos

Métodos de Observação

Exames Mentais

Modelos de Atendimento

Práticas Clínicas

Participação dos Pais no Processo Terapêutico

Inserção no Trabalho e na Sociedade

Avaliação de Comportamento e Personalidade

Acesse e saiba mais informações: Vestibular UEAP 2017

Salário de psicólogo

A média salarial do psicólogo no Brasil é de R$ 2.191, de acordo com o guia de Profissões e Salários da Catho. No entanto, esse valor de salário  pode variar de R$ 1.450 a R$ 3.550, dependendo do tipo de emprego e da experiência do profissional.

Plano de Estudos Vestibular de Psicologia

Plano de Estudos Vestibular de Psicologia

Plano de Estudos Vestibular de Psicologia. Imagem: divulgação

1 – Decida quando e onde irá estudar

O primeiro passo é escolher um lugar que seja silencioso e quieto para você estudar. Pode ser no seu próprio quarto, desde que você mantenha a televisão e o celular desligados. Depois de escolher o lugar que servirá para os seus estudos, defina quando eles irão acontecer.

Nessa parte você deve observar sua rotina, anotar todas suas tarefas e criar um calendário, incorporando nele tudo o que você faz durante o dia. Com o calendário criado, você observará quais são os horários livres. Nesses horários livres você deverá incluir algumas horas de estudo, mas nunca se esqueça de adicionar o descanso e alguma atividade de lazer no seu dia. Estudar cerca de 2 ou 3 horas por dia pode ser suficiente, mas faça intervalos durante esse período.

2 – Defina o seu material de estudo

Antes mesmo de começar a estudar, você precisa definir quais ferramentas irá usar. Você pode estudar por apostilas (tanto online quanto aquelas disponíveis nas livrarias), pelas provas anteriores do seu vestibular ou ainda por vídeo aulas. O melhor é que você também pode combinar mais de uma ferramenta, por exemplo: estudar com apostilas e complementar o aprendizado com vídeo aulas de professores. Tenha em mente também onde você fará os seus exercícios de cada assunto.

3 – Colocando os estudos no calendário

Depois disso, chegou a hora de você definir quais matérias/assuntos irá estudar a cada dia, inserindo-as no seu calendário. É importante que você saiba que não há necessidade de ver tudo rapidamente, ainda mais se ainda faltar mais de seis meses para o vestibular. Você pode definir tópicos de uma matéria para estudar a cada dia, estabelecendo assim um período para terminar aquela matéria (pode ser uma semana ou mais). Lembre-se que o seu plano de estudos vestibular de Psicologia precisa funcionar para VOCÊ.

Você pode criar um calendário a cada mês, inserindo as novas matérias que serão estudadas naquela semana.

4 – Defina o que fazer em cada dia

Depois de montar o seu calendário e inserir os tópicos em cada dia, é recomendado também anotar o que você fará em relação àquela matéria: ler resumos, assistir vídeo aulas, ler a apostila e sublinhar o que for de mais importante, criar um resumo próprio, fazer exercícios, entre outros.

Isso ajudará você a não ficar perdido no seu próprio cronograma. É possível até criar uma linha de evolução: primeiro lê sobre o assunto, assiste vídeo aula, cria um resumo próprio, estuda pelo resumo e depois faz os exercícios.

5 – Se divirta

É importante que, além dos estudos, você tenha um tempo para si e consiga se divertir para deixar o cérebro descansar. Montando o plano de estudos a partir dessas dicas e iniciando desde cedo, você terá tempo suficiente para se preparar, ver tudo que é importante e ainda conseguir se divertir com seus amigos e familiares. Crie o seu plano de estudos vestibular de Psicologia hoje mesmo